Perseguindo capas da Vogue

Para esse ensaio, comecei tentando copiar algumas capas da Vogue. Passei os primeiros 40 minutos tentando copiar uma capa que não cheguei nem perto. Acabei abandonando a foto inicial e, aproveitando o esquema de luzes que eu montei.

Consegui a primeira foto que, apesar de ser totalmente diferente do objetivo inicial, ficou interessante. Bom volume e boa luz.

Para a segunda foto, usei como base uma foto de contorno de luz. Depois percebi que o cabelo na nuca tirou a beleza do pescoço, que deveria ser delineado pela luz, bem alongado.

Por fim, peguei como base uma foto da Vogue em que aparecia a Madonna. A luz ficou interessante, mas acho que precisa ser revisitada, porque a transição para as sombras ainda estão acontecendo de forma gradual e eu acredito que ficaria mais interessante se a luz fosse mais uniforme no rosto.

Deixe uma resposta

três + 19 =